Vitaminas e Sais Minerais

 

 

As vitaminas e minerais são fundamentais para regular e manter todo organismo em equilíbrio, estão presentes em frutas, legumes e verduras, porém em alguns casos devem ser suplementadas.

 

 

CALCIO: ajuda na iniciação da contração muscular, atua no ciclo contraçãorelaxamento, que regula os batimentos cardíacos, ativa enzimas responsáveis pela contração muscular, pela digestão de gorduras e pelo metabolismo protéico.

 

 

MAGNÉSIO: atua no relaxamento dos músculos, por isso diminui a tensão muscular e

 

 

dores no corpo. Um praticante de atividade física que ingere magnésio de maneira

 

 

inadequada apresentará fadiga intensa como sintoma. A deficiência de magnésio

 

 

diminui o potássio intracelular que é uma das principais causas de cãibras.

 

 

 

SELÊNIO: atua no sistema imune, tem atividade antiviral e atua no correto

 

 

funcionamento da tireóide.

 

 

 

ZINCO: Na atividade física: o zinco auxilia na redução do lactato. A fadiga, para além

 

 

da questão do cálcio e do magnésio, pode ser decorrente da formação do lactato. Ela se

 

 

forma quando ocorre déficit de nutrientes antioxidantes, principalmente o zinco, selênio

 

 

e vitaminas do complexo B, portanto a manutenção ou reposição destes nutrientes

 

 

resulta na diminuição da formação de lactato.

 

 

A deficiência de zinco gera a deficiência de vitamina A que leva a deficiência de

 

 

ferro, por isso é importante a sinergia entre os nutrientes.

 

 

 

COBRE: Esse mineral auxilia na função antioxidante, protegendo o organismo contra o

 

 

estresse oxidativo.

 

 

 

BORO: O boro pode exercer múltiplas funções metabólicas, modulando mecanismos

 

 

biológicos distintos. Tais mecanismos fazem do boro um nutriente essencial em todo o

 

 

ciclo da vida, em especial para a boa saúde óssea e articular.

 

 

 

MANGANÊS: A deficiência de manganês pode levar ao aumento do estresse oxidativo,

 

 

extremamente prejudicial ao organismo. O manganês é necessário ao crescimento

 

 

normal dos ossos e ao metabolismo dos aminoácidos.

 

 

 

VANÁDIO: O vanádio é necessário para a formação da insulina, por isso parece estar

 

 

relacionada a distúrbios no metabolismo lipídico e no metabolismo da glicose.

 

 

 

CROMO: Atua na efetividade da insulina, na regulação da glicemia, e na atuação de

 

 

várias enzimas para produção de energia.

 

 

 

MOLIBDÊNIO: Necessário ao crescimento e à manutenção do tecido conectivo e da

 

 

cartilagem. FERRO: O déficit de ferro impedirá a formação de hemoglobina, e, portanto ocorrerá

 

 

uma queda no transporte de oxigênio. Com isso é comum observar tonturas, dor de

 

 

cabeça, falta de concentração, irritabilidade e confusão mental. Referente a mioglobina,

 

 

pode ocorrer fadiga muscular de mod freqüente, devido à falta de oxigenação do

 

 

músculo.

 

 

 

SILICIO: Componente dos mucopolissacarídeos e do colágeno de tecidos conectivos,

 

 

que dão força, rigidez e flexibilidade.

 

 

 

COLINA: É um componente do neurotransmissor acetilcolina, que está envolvido na

 

 

coordenação, movimento e estimulação da contração muscular.

 

 

 

VIT K: importante para coagualação sanguínea, saúde óssea e saúde cardiovascular.

 

 

 

NICOTINAMIDA (B3): é importante, pois participa do metabolismo de carboidratos,

 

 

gorduras e aminoácidos

 

 

 

VIT B2 (Riboflavina): Atua na conversão de carboidratos a ATP na produção

 

 

energética, e tem ação antioxidante.

 

 

 

VIT B1 (Tiamina): sua deficiência pode causar: suores noturnos, retenção de água e

 

 

inchaço dos tornozelos e pulsos.

 

 

 

VIT A: é necessária para olhos e visão, importante para o sistema imune, para o

 

 

crescimento e desenvolvimento ósseo.

 

 

 

ÁCIDO FÓLICO (VIT B9): Coenzima do metabolismo dos ácidos nucléicos e dos

 

 

aminoácidos.

 

 

 

D- ALFA TOCOFEROL (VIT E): é o antioxidante lipossolúvel mais importante do

 

 

organismo, garantindo a estabilidade e integridade dos tecidos celulares e membranas

 

 

do organismo, é capaz de reduzir os danos dos radicais livres produzidos durante o

 

 

exercício.

 

 

PIRIDOXINA (B6): A vitamina B6 é fundamental para o metabolismo dos

 

aminoácidos, por isso é tão importante para os atletas. Sempre que ocorrer

 

 

suplementação de aminoácidos é necessária a administração de vitamina B6.

 

 

 

Ácido pantotênico (VIT B5): atua no metabolismo energético, melhorando a liberação

 

 

de energia dos carboidratos no ciclo de Krebs.

 

 

 

Cobalamina (VIT B12): Importante na fabricação de glóbulos vermelhos do sangue e no

 

 

bom funcionamento das células do corpo.  

 

 

 

INOSITOL: Importante para manutenção do potencial de membrana das células,

 

 

modulador da atividade da insulina, quebra das gorduras, redução dos níveis de

 

 

colesterol no sangue. BIOTINA: Coenzima do metabolismo dos aminoácidos, sua deficiência pode causar

 

 

dores musculares.

 

 

 

VIT C: Visto que o exercício aumenta o grau de estresse oxidativo, a vitamina C tornase benéfica para praticantes de atividade física, tendo efeito antioxidante e efeito

 

 

positivo sobre o sistema imunológico.

 

 

 

ÁCIDO ALFA LIPÓICO: é um potente antioxidante, atua como cofator de inúmeras

 

 

enzimas envolvidas na produção de energia, possui propriedades antioxidantes,

 

 

combatendo os radicais livres e protegendo as células da oxidação.

 

 

 

COENZIMA Q10: previne o envelhecimento da pele, funcionando como antioxidante.

 

 

 

VIT D (CALICALCIFEROL): Atua no metabolismo de cálcio e fósforo, deixando os

 

 

ossos fortes.

 

 

 

BIOFLAVONÓIDES: RUTINA, QUERCETINA, HESPERIDINA: colaboram com o

 

 

processo da vitamina C como antioxidante, melhoram os fogachos na menopausa,

 

 

protegem a pele contra radiação, modulam destoxificação hepática.

 

 

Vit. Sais Minerais

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário